nascença

ele tinha oito meses, cabelos cacheados, quando ela ficou grávida de novo. uma menina, ela soube na maternidade. a mais velha já tinha cinco anos, usava botinhas ortopédicas. pediu perdão aos três trinta anos depois: não tinha aprendido que Deus é uma espécie de levedura de amor, e que ninguém dá o que não tem – até que nasceu o menino, olhos azuis. agora, ela-avó pode doar o que prolifera sempre mais, é um fermento que ajuda ele a crescer.

Anúncios

4 comentários em “nascença

  1. Helô disse:

    P.S. E ele é um pãozinho fofo-demais-de-lindo! :)

  2. Helô disse:

    Lindo, Li! Lindíssimo! :)

  3. enfins disse:

    muito bonito. fermento – sementinha, vários nomes pra uma maravilha só.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s